Web Radio Gospel Da Covilha - ((( Portugal))) Sua Amiga De Todos As Horas



Consagre ao Senhor tudo o que você faz, e os seus planos serão bem-sucedidos. Provérbios 16:3

segunda-feira, 12 de março de 2012

Juntos,porém separados...



Eles têm tudo em comum, exceto o amor “Somos casados no papel. Vivemos debaixo do mesmo teto. De vez em quando cumprimentamos um ao outro com um bom dia ou uma boa noite… De vez em quando (e olhe lá) também trocamos algumas idéias… Somos marido e mulher, contudo, não nos comportamos como tal. Já faz algum tempo que estamos assim: juntos, porém separados”.

Parece absurdo, mas esse paradoxo faz parte da vida de muitos casais. É triste dizer, mas são inúmeros os casamentos de “fachada”, isto é, aqueles que mostram uma felicidade aparente para a sociedade, entretanto, entre quatro paredes, o clima é outro. Nesse aspecto, o “até que a morte nos separe” chega mais cedo do que o esperado, ou melhor dizendo, não é a morte que os separa, mas qualquer motivo. O “felizes para sempre” passa ser uma desilusão e “o que Deus uniu não separe o homem”, uma interrogação.

Talvez você não seja separado judicialmente, mas esteja vivendo essa mesma contradição, com um casamento onde não existe mais amor, afeto e respeito. Vocês vivem somente de aparências. Talvez você nem saiba mais o que é dormir ao lado de seu cônjuge ou receber carinho da pessoa que um dia prometeu amar-te na “saúde ou na doença, na pobreza ou na riqueza, na alegria ou na dor”. Tudo isso acontece e seu cônjuge parece não dar a mínima. Nessas horas, pensamentos como “Ele(a) está me traindo” ou “Eu não sou mais uma atração para meu(inha) esposo(a)”. E o pior é que você sempre se pergunta: “Onde foi que eu errei? Por que o meu casamento está assim? O que fazer?” Com certeza, muitos irão responder que a separação é o melhor remédio para esses casos. Porém, lembre-se sempre de uma coisa: a separação deve ser o último recurso para um casal. Enquanto houver possibilidades, haverá esperança. Sabemos que a batalha é e será desgastante, dolorosa, e que nem sempre todos os casais (ou um dos cônjuges) querem investir na relação. É lamentável, mas as estatísticas comprovam o crescimento cada vez mais assustador da separação de casais. Segundo a revista Veja (Edição nº 1.704, de 13 de junho de 2001), “em 2000 houve 112.000 divórcios no Brasil.” Segundo, ainda a revista, “quando essa quantia é somada ao número de separações judiciais concedidas anualmente, cerca de 93.500, obtém-se uma dimensão do total de casamentos encerrados nos tribunais: 205.800 num ano.” Os efeitos da separação, na maior parte dos casos, são extremamente traumáticos para os dois lados, mas principalmente para os filhos. Eles são os que mais sofrem. Contudo, se engana quem pensa que somente a separação no papel causa ressentimentos. Para os filhos, presenciar cenas de indiferença entre os pais, pode ser mais pesado e confuso. Ver os pais agindo dentro da própria casa como dois estranhos, é algo que marca para o resto da vida.



O que precisa haver é uma compreensão de ambas as partes. Procurar ajuda de especialistas na área familiar e aconselhamentos pastorais são algumas formas de se buscar consolo e quem sabe uma solução para o problema. Algo que deve ficar claro também é que o casal precisa saber o motivo, “colocar os pingos nos is”, saber o porquê de estarem agindo assim. Procurar a “raiz do problema” e mostrar interesse já é uma boa forma de trabalhar os conflitos.

Cabe aqui uma palavra. Tudo na vida é uma questão de escolha. O que você quer? Você escolhe continuar vivendo assim com seu cônjuge, privando-se de momentos ímpares de felicidade com ele(a), deixando, muitas vezes, até mesmo de viver, o que resulta em verdadeira perda de tempo; ou então, você escolhe mudar tudo, começar de novo e usufruir a vida abundante que Deus tem para vocês. Neste caso: “Você decide”.

quinta-feira, 8 de março de 2012

Que tipo de Mulher você é?

Não resta dúvida que Deus teve um motivo especial para incluir detalhes mínimos da vida pessoal de diferente mulheres na bíblia.


 

 Há uma lista de mulheres na bíblia que inclui:

 Eva - A nossa 1a Mãe, uma mulher audaciosa que expôs satanás. Quando Deus perguntou Adão em gênesis 3:12, a Mulher que tu me deste por esposa, ela me deu da árvore, e eu comi. ( Adão expôs Eva, pois antes no cap.2:23 Adão diz esta é osso dos meus ossos, carne da minha. e depois no cap. 3:12 ele diz ao Senhor : "A mulher que tu me deste," ela me deu da árvore. Mas Eva ela foi audaciosa ao expor satanás, no ver. 13 ela responde ao Senhor:- A serpente me enganou. Em outras palavras ela enfrentou satanás. 

Raquel- O exemplo de que vale a pena lutar pelo amor, vale a pena lutar até a morte. Ana- É tudo ou nada, ela pede ao Senhor para intervir na sua infertilidade. Ela ORA!!

 Rute- Prova que não se deixa devorar pela solidão, é uma mulher que trabalha, que se ocupa. 

Maria- Ela esquece de si própria. Deixou aquele caríssimo perfume de nardo cair até a última gota sobre os pés de Jesus. 

Trifena e Trifosa- as gêmeas que foram amigas de Febe, aquela grande Diaconisa da Igreja. 

Em Provérbios 31:10 diz: Mulher Virtuosa quem a achará? Este texto fala de uma mulher sadia, virtuosa, responsável e cheia do Espírito Santo de Deus. Trabalha de bom grado, tem prazer no que faz, uma mulher que luta, mulher cheia de esperança, é uma mulher sábia. 

Vamos entender melhor que é uma Mulher Virtuosa! 

Apoiadora- Os maridos se sentem respeitados e honrados, quando ela apóia ele sente-se mais disposto a enfrentar desafios. Efésios 5: 22 e 24.

 Auxiliadora- Em Hebraico significa "Circundar". Ela circunda (cerca) o marido com apoio, exortação e conforto. Coloque a disposição dele, todas as boas qualidades que há dentro de você para ajudá-lo a se tornar o homem que foi chamado a ser. Gênesis 2:18

 Mulheres enfrentando com coragem as mudanças- Enfrenta mudanças drásticas com positividade e dignidade humana, e lança mão de todas as oportunidades de transformar o seu problema em possibilidade.

 Administradora- É uma mulher que é capaz de ações mais distantes , é capaz de sair do âmbito imediato de uma cozinha,e segue a orientação do Espírito Santo, e investe sabiamente aquilo que foi economizado. Prov. 31: 13 a 27

 Intercessora- alguém que discerne.A sua intercessão pelo marido e família lhe dá a certeza de que a mão de Deus está operando na vida deles. A mulher que perdoa- O perdão é ato de vontade e não um sentimento. O amor não mantém um registro de erros I corint.13:5 Faça com que a sua vontade concorde com a vontade de Deus, e procure ser orientada pelo Espírito Santo . Salmos 103: 2-4

 Não há limites para o número de vezes que devemos perdoar. Mateus 18:22 Devemos examinar a nós, e não o nosso conjugue Mateus 71:5 e Lucas 6:37 Antes de perdoar aos outros frequentemente precisamos perdoar a nós. Jesus nos perdoou. Mulher de fé- A fé é ativada pela voz, e crer no coração . Rom.10:10- Eu cri, por isso, é que falei. II corint. 4:13 Visão de fé não significa ignorar as circunstâncias, mas sim vencê-las Rm. 4:19-21 

Mulher Virtuosa na Igreja- A nova mulher na nova Igreja, é a mulher Sem limites. Ela não é condenada mas redimida. Ao invés de viver em tormento ela vive em paz. No lugar 'da confusão , ela tem a orientação divina. Sua enfermidade foi substituída pelo saúde divina. Sua pobreza se transforma em prosperidade da parte de Deus. (palavras de Dra. Daisy Washburn Osborn). 

Mulher de Oração- Temos o exemplo de Ana (Estéril)- Ela cansou de ser motivos de risos para Penina(Fértil). sua rival. Ambas mulheres de Elcana. Em I Sam.1:9-13, diz que a 1a coisa que Ana fez foi ORAR! E quem Ora está subvertendo as coisas. Quem Ora está fazendo ruir as estruturas. Quem Ora está usando as armas mais secretas e invencíveis à disposição do ser humano. Ana ora, quando ela ora a força fica do lado dela.

Diz a palavra que Ana chora, ela se curva , ela geme, ela derrama o coração perante o Senhor. Ela faz voto ao Senhor ela se compromete, o que ela diz é Tudo ou Nada:OH Deus intervenha! E Deus intervém e lhe dá um filho. E no cap. 18:1- Antes dela ter relação sexual com o marido da qual ela vem a ficar grávida diz a bíblia que: Ela se levanta, enxuga as lágrimas e já não era tão triste o seu semblante, ela muda a cara e reveste com outra fisionomia. Antes de estar grávida no ventre,"ela está grávida na mente.. Disse ela "Seu filho que está prometido virá. Pela oração e fé , pela nova atitude frente a vida , frente ao marido, frente a existência é que ela vence a luta desigual. E a palavra diz que Ana gerou um dos grandes profetas da Bíblia, O profeta Samuel. Este é o poder da mulher que Ora.

 Mulher Virtuosa  A sua mente é a mente de Cristo É uma mulher que não olha para as circunstâncias que a cercam. A força e a dignidade são os seus vestidos, e quanto ao dia de amanhã não tem preocupações. Os sentimentos que ela sente, são os de Cristo. A sua decisão, é a decisão de Cristo. Trabalho para ela é uma coisa boa. Ela tem prazer no que faz. Ela olha com os olhos de Cristo. Suas palavras, são as palavras de Cristo. A conclusão que ela tira, é a de Cristo.

 É ainda noite e já se levanta e dá mantimento à sua casa de madrugada e tarefa às suas servas, deixa o roteiro do dia preparado, Prov. 31:15 

Não é complicada, atrapalhada,egoísta, complexada, traumatizada. Ela não precisa ler revista de como segurar um homem, ou de como ser feliz. Ela não precisa assistir uma novela , para ter um referencial no seu casamento, na sua vida pessoal ou profissional. Seu referencial é Jesus! Mulher Virtuosa : é uma Mulher Ilimitada em Cristo Jesus!! 


Ao que lhe disse Jesus: Se podes! - tudo é possível ao que crê. Marcos 9:23


Texto de: Missionária Lesley

quinta-feira, 1 de março de 2012

Confie em Deus


No primeiro dia da festa dos pães sem fermento, os discípulos
dirigiram-se a Jesus e lhe perguntaram: “Onde queres que preparemos a
refeição da Páscoa?” Ele respondeu dizendo que entrassem na cidade,
procurassem um certo homem e lhe dissessem: “O Mestre diz: O meu
tempo está próximo. Vou celebrar a Páscoa com meus discípulos em sua
casa”. Os discípulos fizeram como Jesus os havia instruído e
prepararam a Páscoa. - Mateus 26:18


 

“O meu tempo está próximo”, Jesus disse.

Não era seu tempo de ser reconhecido, e sim, rejeitado.
Não era seu tempo de ser honrado, mas, humilhado.
Não era seu tempo de ganhar, e sim, perder.
Tudo. Amigos. Família. Força. Roupa. Vida.

Não sabemos o que nos espera amanhã ou no mês que vem. Podem ser
novidades agradáveis ou pode ser conflito, sofrimento ou perda.
Embora Jesus merecia o melhor, ele encarou sua hora de injustiça e
humilhação com a confiança de que Deus está em controle.

O Filho de Deus se preparou para celebrar a Páscoa, embora sabia que
ele mesmo seria o próprio cordeiro a ser sacrificado.

Seja qual for sua situação hoje ou amanhã, se você confia que Deus
pode salvar sua alma, confie também que ele sabe cuidar das
circunstâncias da sua vida, seja quais elas forem.